terça-feira, novembro 09, 2004


Hoje no Público, uma frase (reveladora) de António Lobo Antunes:

"A frase mais importante que ouvi na minha vida, foi na faculdade de medicina: uma senhora doente com Parkinson tinha dificuldade em mover-se. - «Como é que a senhora faz a lida da casa?» perguntou-lhe o médico. «É tudo a poder de lágrimas e ais»
Se eu pudesse escrever assim!... As grandes lições da minha vida não foram dadas pelas pessoas do meio onde nasci. Foram-me dadas pelas pessoas que vivem a poder de lágrimas e ais. Quando estava no hospital deva-me muito melhor com os serventes e os operários. Julgo que herdei isto do meu pai. Porque os admirava, porque os respeitava."


Posted by Hello

1 comentário:

MC disse...

A doença muda a pessoa